Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Um Anónimo em Lisboa

Um Anónimo em Lisboa

Até onde pode ir a estupidez...

Uma mulher matou um homem. Mais especificamente, uma namorada, grávida, num vídeo para atrair assinantes, disparou contra o namorado, que segurava um livro no peito, supostamente para parar a bala.

 

A sério?

 

Onde chega a vontade de protagonismo, a ganância de arrecadar uns cobres num site de vídeos? Acima de tudo, onde chega a estupidez?

Não estamos a falar de um vídeo de gatinhos, ou outro animal fofinho. Estamos a falar de arriscar a vida, sem medir as consequências. Apenas para ter mais visitantes. Apenas para ter algum protagonismo.

Se querem ser notícia, se querem ser uma celebridade, que seja por bons motivos, não por estupidez. Se querem correr riscos, que sejam riscos calculados, não apenas o produto de uma noite de bebedeira.

Muitas pessoas arriscam a vida. Pilotos de carros de corrida, alpinistas, desportistas radicais, e outros. Mas todos eles estudam, tentam minimizar os riscos. Têm equipas de profissionais que reduzem esses riscos a limites aceitáveis. 

 

Não serve isto para discutir ou não o acesso a armas, porque quem faz isto com uma arma, faria outra imbecilidade qualquer sem arma. Com uma pistola de pregos, ou com um martelo. Porque infelizmente não se pode proibir a estupidez